Trestles parece distante, mas logo logo a etapa tá aí batendo na nossa porta e pra chegar lá por dentro de tudo a gente convida vocês a acompanhar uma série de matérias que vai explicar tudo sobre o campeonato profissional. Tem informações sobre o cicuito, resumo sobre os picos onde rolam as provas, os critérios de nota, manobras e curiosidades sobre esse mundo que a gente tanto ama. Partiu?

Muitos anos atrás, a nossa conhecida WSL (World Surf Leguae) era ASP (Associação de Surfistas Profissionais) e antes do mundial feminino ser como conhecemos hoje, a responsável pela organização do evento era a ISF (International Surfing Federation) e o evento era o ISF World Championship.

O ISF WC (vamos apelida-lo assim) começou a rolar em 1964, foi até 1983 (quando ganhou a forma de circuito mundial) e teve 6 campeãs diferentes. Foi em 1983 que a ASP assumiu a função de organizar o maior evento profissional de surfe do mundo, nos apresentando grandes nomes como Lisa Anderson, Layne Beachley e Freida Zamba, que juntas ganharam 15 dos 32 títulos.

Claro que não tem como falar de grandes nomes sem mencionar a nossa atual maior campeã mundial em exercício: Stephanie Gilmore. A australiana já levou 6 títulos desde que entrou no WCT (World Championship Tour) em 2005 com apenas 17 anos. Seis títulos que teriam sido consecutivos, não fosse a havaiana Carissa Moore levar a taça pra casa em 2011 e 2014. Mas para a história em detalhes a gente viaja em uma próxima matéria.

Entrar no mundial é o sonho de toda surfista profissional. Competir ao lado das ídolas, surfar as ondas mais perfeitas e se ralar nos mais diferentes corais desse mundão. Hoje, as 18 melhores surfistas do mundo competem entre si durante 10 etapas pelo mundo todo para definir a campeã do circuito.

Mas como é que a mulherada entra pra essa elite do surfe? Fique ligada na sequência dessas matérias e venha desvendar os mistérios do WQS (World Qualifying Series) que nada mais é que a ponte da classificação até a turnê mundial.

Não esqueça que a etapa do WSL na Califórnia começa dia 6 de setembro e vai até dia 17. Quem vai levar o caneco pra casa?