Matéria Republicada: www.espn.com.br

A final da etapa de Jeffreys Bay, na África do Sul, quase acabou em tragédia na manhã deste domingo. No meio da disputa contra o australiano Julian Wilson, o tricampeão mundial Mick Fanning foi surpreendido por dois tubarões, foi atacado e precisou ser resgatado às pressas.

Fanning, que é o atual campeão da etapa sul-africana, aguardava para surfar sua primeira onda na final, quando um tubarão se aproximou por trás. O australiano começou a se debater e desapareceu na água. As equipes de apoio chegaram rapidamente e conseguiram resgatá-lo.

Já a salvo, no barco, Fanning confirmou que estava bem e que teve apenas alguns arranhões. O surfista disse que sentiu algo preso em sua perna e, ao perceber que se tratava de um tubarão, pulou para tentar se desvencilhar. “Acho que consegui socá-lo nas costas”, disse.

A mãe de Gabriel Medina, Simone, estava na praia no momento do ataque e relatou o que viu. “Fiquei aterrorizada. A gente estava na cabine, e, por um momento, o Mick sumiu. Achei que o tubarão tinha abocanhado… Sai correndo, na hora você quer salvar, mas não tem como”.

O surfista brasileiro, inclusive, poderia estar na final, mas foi eliminado duas baterias antes, nas quartas. “Graça a Deus Gabriel não está na final. Deus salvou ele do pior”, celebrou Simone.

Depois do ataque, a organização do Mundial anunciou que as competições estão suspensas neste domingo. A tendência é que Wilson e Fanning voltem à água para a final na segunda-feira.