alimentacao

 

Com as mídias sociais bombando de informações sobre saúde, esportes de alta intensidade, o que dever ou não comer para dar uma secada ou definida, precisamos selecionar bem o que lemos e ouvimos para aplicar isto no nosso dia a dia com responsabilidade e prazer.

 

Mas como o assunto aqui é o prazer de praticar esportes em contato com a natureza e que nos traz condicionamento físico e paz interior, entraremos em um detalhe essencial para nós que amamos o surf e que vai fazer toda a diferença em nossa performance: a alimentação.

 

Já é mais do que dito que para manter o metabolismo acelerado e emagrecer com saúde (ou manter o peso) devemos comer de 3 em 3 horas dividindo as porções das refeições entre café da manhã reforçado, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar.

 

Claro, isto sempre foi o certo mas está sendo mais aplicado na era atual pelas blogueiras fitness e nutricionistas funcionais. Porém, para quem treina ou no nosso caso, surfa, isso deve ser colocado com mais importância, mas por quê?

 

O que ninguém sabe, é que quando surfamos 60 minutos apenas, dependendo do nosso condicionamento, podemos remar até 6130 metros e gastar em média 810 calorias!

 

Sim, para a alegria das surfistas e tristeza das marombas de academia (nada contra!) mas o surf é um esporte completo. Trabalha tanto a força, resistência e aumenta a capacidade de movimentação do corpo, contrai principalmente nosso “core”, o centro do abdômen onde nos faz ter mais equilíbrio nos movimentos e estabilidade, aumenta o gasto de energia e qualidade dos reflexos.

 

 

Enfim… Já se convenceram que o surf é tudo de bom? Então acompanhe aqui na Longarina minhas dicas, e aguarde que jajá falo mais da parte II sobre isso tudo!