Ver uma pranchinha leve, pequena, que cabe dentro do carro te faz querê-la na hora pelas “facilidades” que ela oferece, mas queremos alertar para um “golpe” muito comum aplicado por uma galera que quer desovar ou garantir a venda, ao invés de indicar o equipamento mais adequado a quem está começando.

Você quer se iniciar e corre pra uma loja ou pro Google e procura por – prancha de surf, milhares vem à sua frente e muitas vezes você mal se questiona: “Qual prancha é mais adequada pra mim?”

Podemos dizer que uma prancha pode ser adquirida de acordo com:

1)  A fase que você está ou,

2)  Seu objetivo (qual linha de surf quer seguir)

Pensando pela fase, as pranchas maiores (funboard e longboards) possuem mais estabilidade e flutuação, ou seja são mais estáveis na água e na tentativa de ficar em pé, te dando mais tempo para se levantar e se equilibrar sobre ela.

 

São bem maiores que as “pranchinhas”, mais pesadas porém são mais garantidas quando o assunto é a sua “primeira queda”.

Encarar uma pranchinha logo de cara, é algo que pode te desmotivar e achar que o surf não é pra você, por tanto, saber como começar é fundamental! Uma prancha pequena é indicada para a fase que você já tiver pêgo a base, tempo de entrada na onda e posicionamento, e isso pode ser em dois, seis, doze meses, antes ou não, vai apenas depender da sua dedicação e treino!

Lembrando que não se pode generalizar. Para você que está tendo um primeiro contato em entender qual prancha é mais indicada para você – o longboard não se destina apenas às pessoas que estão aprendendo e pranchinhas às pessoas experientes – existem níveis e níveis de surfistas que optaram por um estilo ou outro, e arrebentam em ondas sinistras, seja com seu long ou prancha menor! Porém, para quem quer começar, é indicado iniciar com pranchas maiores, mais estáveis e que vão te dar tempo e uma experiência bem mais extasiante, fazendo com que você volte pro mar e tente mil vezes, logo no dia seguinte!

Leia também PRANCHAS x EVOLUÇÃO NO SURF!!